Segunda-feira, 25 de Maio de 2020
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
C
Salto do Jacuí/RS
Ensolarado
17°
13°C
Arroio do Tigre
Ensolarado
No ar: Panorama 107
Ao Vivo: Panorama 107
Agricultura

Anunciado Plano Safra Gaúcho 2015, com crescimento de apenas 2,14%

Anunciado Plano Safra Gaúcho 2015, com crescimento de apenas 2,14%
13.07.2015 08h14  /  Postado por: upside

O Plano Safra Gaúcho para o período agrícola 2015 / 2016 foi lançado pelo governador José Ivo Sartori nesta quinta-feira, 09/07, no Palácio Piratini. O total de recursos disponibilizados pelo Banrisul, Badesul e BRDE é de R$ 2,8 bilhões que em comparação ao volume financeiro do plano safra do ano passado, o crescimento é de apenas 2,14%. São R$ 1,9 bilhão do Banrisul, R$ 500 milhões do BRDE e R$ 400 milhões que podem ser aportados via Badesul. O total de R$ 2,8 bilhões  é o maior valor para o Plano Safra – no ano passado, foram R$ 2,74 bilhões. A cerimônia contou com as presenças de secretários estaduais, dirigentes das instituições financeiras e diversas autoridades do agronegócio do estado. Em seu discurso, o governador Sartori  admitiu que os ajustes fiscais comprometeram um  aporte maior de recursos para a agropecuária gaúcha, contudo, o valor é suficiente para garantir mais produtividade e mais arrecadação para os cofres do estado.
O vice-presidente do BRDE, Odacir Klein, foi a autoridade financeira que anunciou os valores aplicados no Plano Safra Gaúcho 2015 e a participação de aporte de cada instituição. De acordo com Odacir Klein, entre os recursos já aplicados e o volume total destinado ao Plano Safra do estado, o investimento no setor primário pode ultrapassar os R$ 7 bilhões.
Ao contrário das edições anteriores do Plano Safra Gaúcho, a edição 2015 não determinou volume total de recursos para a agricultura familiar. Todavia, o secretário estadual do desenvolvimento rural, Tarcísio Minetto, destacou a importância do plano atender as demandas de investimento, comercialização e custeio para o pequeno produtor.
O secretário estadual da agricultura, Ernani Polo, foi questionado do porquê do Plano Safra Gaúcho 2015 ter tido o crescimento de apenas 2,14% na comparação com as edições anteriores. O momento de dificuldades econômicas tanto no estado, quanto no país, foi a sua justificativa.
Os limites de crédito no Plano Safra Gaúcho 2015 são de até R$ 100 mil para a linha de financiamento da Agricultura Familiar (Pronaf) e de até R$ 450 mil para o médio produtor, por meio do Pronamp. O financiamento para os agricultores empresariais pode chegar a R$ 500 mil. As taxas de juros variam de 2,5% a 12% ao ano.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.