Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Parcialmente nublado
29°
21°
22°C
Salto do Jacuí/RS
Parcialmente nublado
No ar: Repórter Geração
Ao Vivo: Repórter Geração
Agricultura

Produtor diz que jogou leite fora por más condições de estrada e secretário de Obras de Salto do Jacuí se defende

Produtor diz que jogou leite fora por más condições de estrada e secretário de Obras de Salto do Jacuí se defende
31.08.2018 11h06  /  Postado por: Redação

O produtor Edson Ferreira da Silva, morador do distrito Rincão do Ivaí, em Salto do Jacuí, postou em redes sociais, um vídeo reclamando das más condições da estrada interna da localidade, que impediu que o caminhão do leite recolhesse a produção em dias de chuva. Na gravação ele mostra galões do produto, que segundo ele somam mais de 500 litros, que seriam jogados fora.

Em entrevista à Rádio Geração, o produtor pediu atenção da secretaria de Obras com o trecho. Conforme Edson, em dias chuvosos o caminhão não passa em pontos de terra vermelha que formam um atoleiro.

“Tem que fazer esse trajeto que passa o caminhão do leite, na geral interna do assentamento, nas ladeiras com terra vermelha que não tem pedra, tem que empedrar e passar o rolo para ficar firme. Cerca de 2km que fizesse, os trechos mais críticos, resolveria o problema” – explicou Edson.

O agricultor reforçou, que o objetivo do vídeo foi fazer um desabafo e chamar atenção da opinião pública e da prefeitura. Destacou que jamais teve intenção de prejudicar alguém e que não está envolvendo questão política.

O secretário de Obras Uilson Serena, falou ao Repórter Geração, após a entrevista do agricultor. Serena explicou que em três meses, foi possível trabalhar no máximo 20 dias, devido o tempo chuvoso. Disse que ficou surpreso com a reclamação do produtor, e colocou que no inverno é impossível solucionar “probleminhas” dentro do assentamento e deixar de fazer emergências em outras comunidades.

Ouça entrevistas no player acima.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.