Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
33°
19°
21°C
Salto do Jacuí/RS
Noite limpa
Ao Vivo:
Notícias

Primeiro caso de febre chikungunya confirmado no RS é de Ibirubá

Primeiro caso de febre chikungunya confirmado no RS é de Ibirubá
24.06.2016 15h00  /  Postado por: upside

 O Rio Grande do Sul já registra o primeiro caso de febre chikungunya. Trata-se de uma mulher de Ibirubá, na região do Alto Jacuí. O caso chama a atenção da Secretaria Estadual da Saúde, já que a paciente não viajou para outros locais onde pode ter contraído a doença.
Segundo a pasta, a paciente apresentou os primeiros sintomas em 25 de abril. Em maio, o caso começou a ser investigado e a mulher chegou a ser internada. Hoje, ela segue o tratamento em casa.
“Oficialmente, estamos informando hoje o Ministério da Saúde do primeiro caso da doença no Rio Grande do Sul”, afirmou hoje o secretário estadual da Saúde, João Gabbardo dos Reis, em entrevista ao Gaúcha Atualidade.
A doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti e, da mesma forma que a dengue e o zika vírus, também provoca dores de cabeça e manchas no corpo. No entanto, é considerada mais grave por atingir articulações e provocar inchaço nas mãos e pés.
Gripe A
A Secretaria Estadual da Saúde também atualizou nesta sexta-feira (24) os números dos casos de dengue e gripe A. O Rio Grande do Sul mantém em 2016 um número considerado alto de mortes provocadas pela gripe A, com um total de 143 óbitos. É o maior desde 2008, quando 334 pacientes morreram.
Dos 885 casos confirmados da doença, a Região Metropolitana concentra o maior número (55,5%), seguido da Serra (12,2%) e da Norte (9%). Já a dengue registra 2.124 casos confirmados no Estado em 2016.
 
Rádio Gaúcha

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.