Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
30°
20°
23°C
Salto do Jacuí/RS
Dia nublado
No ar: Bom Dia Geração
Ao Vivo: Bom Dia Geração
Educação

Presos se formam em curso inédito no presídio de Júlio de Castilhos

Presos se formam em curso inédito no presídio de Júlio de Castilhos
08.03.2016 16h15  /  Postado por: upside

Um grupo de 20 detentos se formou em Júlio de Castilhos. Eles cumpriam pena por crimes que cometeram fora da cadeia, mas por um dia tiraram as algemas e saíram da prisão para receber um diploma de qualificação.
Todos eles agora são eletricistas, formados em um curso do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), reconhecido pelo Ministério da Educação. Foi a primeira vez que um curso de qualificação foi oferecido dentro do Presídio Estadual de Júlio de Castilhos.
Todas as 20 vagas oferecidas foram preenchidas. E sobrou uma lista com mais 20 nomes de interessados. Isso representa 2/3 de todos os presos que cumprem pena em regime fechado.
“Muitos deles nos pedem oportunidade e aqui estamos oferecendo essa oportunidade. Quando eles saírem daqui, que eles tenham uma qualificação pra exercer essa atividade junto à sociedade”, diz o delegado penitenciário, Anderson Prochnow.
O curso durou 200 horas de aula, com trabalhos teóricos e práticos por quatro meses. “Eles podem ser autônomos, que é geralmente isso que acontece, podem oferecer trabalhos em propriedades particulares, empresas, prédios. Eles têm um início, uma formação, depois eles podem procurar outras oportunidades de qualificação conforme vai surgindo a demanda de trabalho”, analisa a professora Sílvia Montagner.
Nos últimos cinco anos, 100 detentos se formaram em cursos do Pronatec no estado.
 
Com informações do G1

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.