Sexta-feira, 29 de Maio de 2020
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Ensolarado
23°
21°C
Salto do Jacuí/RS
Ensolarado
Tempo limpo
21°
10°
21°C
Arroio do Tigre
Tempo limpo
No ar: Frequência 107
Ao Vivo: Frequência 107
Acidente

Mulher de Segredo que perdeu amigas em acidente diz que cidade ficou em choque

Mulher de Segredo que perdeu amigas em acidente diz que cidade ficou em choque
27.02.2020 10h33  /  Postado por: Redação

O acidente na RSC-287, em Taquari, na tarde da segunda-feira, 24, tirou a vida de Ana Ilce Bulegon Jahn, de 64 anos, e Clarissa Marina Jahn, de 39 anos, moradoras de Segredo, mãe e filha, e que voltavam de Sapucaia do Sul. Segundo a amiga da família, Eliane Israel, elas foram visitar familiares que moravam na cidade da Região Metropolitana de Porto Alegre.

“A cidade está em choque, está muito difícil de acreditar na perda precoce de duas grandes mulheres”, lamenta Eliane.

A família é conhecida na cidade por manter um estabelecimento comercial onde todos trabalham juntos, produzindo cucas, bolachas e outros quitutes.

“A Clarissa e a Ana tocavam a cozinha, e o Bira, esposo da Clarissa, atendia na padaria. É uma família muito unida”, lembra Eliane.

No carro ainda estavam outras três pessoas que ficaram feridas: o motorista do veículo e marido de Clarissa, Ubirajara Moacir Munfer, de 49 anos, e a filha do casal, Nicoli Jahn Unfer, de 10 anos. O terceiro ferido é Natal Jahn, de 65 anos, ele é esposo de Ana e pai de Clarissa.

 

Vítimas de São Leopoldo

O outro carro envolvido no acidente também transportava cinco pessoas. De acordo com a Polícia Civil, no Gol morreram: o motorista do veículo, Jorge Miguel Dos Santos, de 45 anos, Gilmar Cargnin, de 40 anos, e os dois filhos dele, Jessé Kauan, de 13 anos e Richard Leon Rodrigues Cargnin, de 7 anos.

O terceiro filho de Gilmar, Kaio Ruan Rodrigues Cargnin, de 11 anos, foi internado no Hospital São Sebastião Mártir, em Venâncio Aires. A mãe das crianças estaria viajando de ônibus.

Segundo a namorada de Jorge, motorista do veículo, era comum ele fazer viagens com moradores e conhecidos do Morro do Paula, em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, onde moravam.

“A comunidade aqui do Morro, todo mundo é conhecido, está todo mundo tão triste, com a perda das crianças, do Gilmar e do Jorge. Todo mundo está de luto. Todo mundo está esperando vir o corpo para fazer o velório para se despedir deles. Não temos palavras, não temos como confortar o coração de uma mãe que perdeu dois filhos e o esposo, e eu perdi meu Jorge”, afirma a companheira Silvia de Oliveira.

Silvia conta que o filho de Jorge foi até Porto Alegre para reconhecer o corpo do pai.

A cerimônia de velório das vítimas começou no início da noites desta terça-feira, no Morro da Paula, em São Leopoldo.

 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.