Sexta-feira, 17 de Janeiro de 2020
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Parcialmente nublado
26°
13°
19°C
Salto do Jacuí/RS
Parcialmente nublado
Tempo limpo
31°
12°
22°C
Arroio do Tigre
Tempo limpo
No ar: Repórter Geração
Ao Vivo: Repórter Geração
Notícias

Justiça de Lajeado cancela resultado de eleição para o MTG

Justiça de Lajeado cancela resultado de eleição para o MTG
12.01.2020 13h03  /  Postado por: Cladimara Bohrer

A Justiça de Lajeado concedeu, na manhã deste domingo (12), uma liminar que cancela o resultado da eleição para presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG). A votação ocorreu no sábado (11), durante o 68º Congresso Tradicionalista e a vencedora havia sido Elenir Winck, de Panambi, da chapa 1.

Gilda Galeazzi e Elenir empataram no número de votos, 530 para cada uma. Para desempatar, o MTG utilizou como critério a chapa que tivesse o candidato mais velho. Na chapa de Elenir havia um homem de 77 anos.

O pedido para cancelar o resultado da eleição veio da chapa de Gilda Galeazzi. Através das redes sociais, a ex-coordenadora da 7ª Região Tradicionalista disse que aguarda mais informações sobre a liminar. A posse de Elenir, que estava marcada para às 11h deste domingo (12), não aconteceu.

Pelo Facebook, Gilda contestou o resultado da votação. Em uma postagem, a candidata expôs uma foto do artigo 127 do estatuto do MTG, que trata sobre o caso de empate nas votações. Pela interpretação da Chapa 2, o candidato mais velho seria Galeazzi. “No entanto, a comissão eleitoral entendeu dar a vitória a Elenir Winck, argumentando que um conselheiro de sua chapa tem a idade ainda mais avançada. Como é público e notório, o que estava em jogo nessa eleição eram duas candidatas. Duas mulheres”, destacou.

*Diario da Manha

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.