Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Ensolarado
30°
15°
28°C
Salto do Jacuí/RS
Ensolarado
Tempo limpo
30°
15°
28°C
Arroio do Tigre
Tempo limpo
No ar: Bom Dia Geração
Ao Vivo: Bom Dia Geração
Eventos

Fé e tradicionalismo marcam a 14ª Romaria Tradicionalista do Brasil em Jacuizinho

Fé e tradicionalismo marcam a 14ª Romaria Tradicionalista do Brasil em Jacuizinho
Foto: Cleber Moura/ Geração
23.09.2019 10h42  /  Postado por: Elion Silva

Tradicionalistas e romeiros participaram da 14ª Romaria Tradicionalista do Brasil e da 1ª Cavalgada da Mulher, de 20 a 22 de setembro, percorrendo o interior de Jacuizinho, passando por lavouras, matas e riachos. Na sexta-feira, primeiro dia do evento, teve missa as 18h na Capela Menino Deus. Em seguida ocorreu a abertura oficial com apresentações culturais, com jantar dançante no salão da igreja católica.

No sábado as 7h30, foi servido café campeiro e a bênção dos cavaleiros no monumento de Nossa Senhora Aparecida, na praça. Depois de 20 quilômetros de cavalgada, os quase 100 cavaleiros participaram de almoço na localidade Linha São Jorge. Logo após, a cavalgada reiniciou e foi até a sede do Piquete de Laçadores Capitão Januário em Serra dos Engenhos, onde foi realizado jantar com Tertúlia.

O ponto alto da festa, foi no domingo, quando romeiros e cavaleiros iniciaram a parte final da romaria, saindo da sede do Capitão Januário, percorrendo cerca de 530 metros de subida, até o Morro da Capelinha, local onde está o Capitel de Nossa Senhora Aparecida. Lá foi rezada a Missa Crioula, coordenada pelo Padre Darci Serafim Rodrigues.

De tarde, foi entregue certificado para os cavaleiros que participaram dos três dias do evento. Ainda teve provas de tiro de laço em vaca parada, do Projeto Sonho de Gurizada, Benção da Saúde e Domingueira.

O criador da Romaria Tradicionalista, ex-prefeito de Jacuizinho, Antônio Gilson de Brum, conta que a ideia é reunir os valores da religiosidade e do povo gaúcho, em um único evento. “Para celebrar a vida e elevar os valores e a auto estima das pessoas”, destaca.

A primeira dama, Dilene Neske, destacou a realização da 1ª Cavalgada da Mulher. “A mulher do Rio Grande do Sul é tradicionalista, trabalha no campo, então, tem muita semelhança com as mulheres de Jacuizinho, que são guerreiras”, disse.

O prefeito Volmir Capitânio disse que um dos objetivos é cultivar a fé e o tradicionalismo. “Fazer a nossa parte, aqui, enquanto seres humanos, para que a vida seja de harmonia entre todos os irmãos, independente de classe social ou política”, destaca.

 

Imagens
Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.