Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
17°
10°
15°C
Salto do Jacuí/RS
Tempo nublado
Tempo nublado
25°
18°C
Arroio do Tigre
Tempo nublado
No ar: Frequência 107
Ao Vivo: Frequência 107
Política

“Eu me senti no dever de “peneirar” os servidores da Casa”, diz Gilmar Lopes, sobre demissão de funcionários da Câmara de Vereadores

“Eu me senti no dever de “peneirar” os servidores da Casa”, diz Gilmar Lopes, sobre demissão de funcionários da Câmara de Vereadores
30.08.2019 19h02  /  Postado por: Elion Silva

O presidente da Câmara de Vereadores de Salto do Jacuí, Gilmar Lopes (PP) participou do Repórter Geração, desta sexta-feira, 30. Ele levantou assuntos ainda referentes à CPI que investigou irregularidades na gestão do prefeito Claudio Robinson. Lopes negou a declaração da vereadora Jane Martins, (PP) de que o afastamento de uma funcionária da Câmara tenha sido uma retaliação, em consequência da decisão favorável ao prefeito.

“Devido à decisão da vereadora, não. Tem que analisar os fatos. As pessoas que lá trabalhavam (uma delas indicada pela vereadora) possuíam cargos de confiança para redigir documentos. No momento que o meu partido, resolveu fazer reuniões e me deixar de lado, eu me senti no dever de “peneirar” os servidores da Casa, os quais tenho que ter total confiança”, explicou.

Para Gilmar Lopes, uma negociação política pensando nas eleições de 2020, com possível apoio do atual prefeito a uma suposta chapa formada por Altenir Rodrigues da Silva, o Nico, e Ronaldo Moraes (ambos PP), até então oposição à atual administração, foi determinante para a absolvição de Claudio Robinson.

“Tenho provas. Áudio de pessoas falando da negociação, envolvendo a presidência (da Câmara) do ano que vem, que certamente será a Jane Martins. O Cláudio Robinson, pelo que eu sei, vai apoiar Nico e Ronaldo na próxima”, revela.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.