Segunda-feira, 01 de Junho de 2020
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Parcialmente nublado
12°
12°C
Salto do Jacuí/RS
Parcialmente nublado
Ensolarado com muitas nuvens
12°
12°C
Arroio do Tigre
Ensolarado com muitas nuvens
No ar: Frequência 107
Ao Vivo: Frequência 107
Educação

Escolas estaduais do RS utilizarão plataformas digitais para manter alunos em atividade

Escolas estaduais do RS utilizarão plataformas digitais para manter alunos em atividade
Secretário da educação do Estado, Faisal Karam, disse que prioridade é não caracterizar o período como férias - Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS
25.03.2020 10h06  /  Postado por: Redação

Se celulares tiram a atenção dos alunos nas escolas, aplicativos de redes sociais se tornaram aliados do ensino público durante o período de paralisação das aulas por conta da pandemia de coronavírus.

A rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul vai dar seguimento ao ano letivo de seus estudantes por meio do envio de conteúdos e exercícios por plataformas digitais. As escolas estão fechadas por decreto até o próximo dia 2 de abril e podem ter a suspensão estendida.

— Nós tivemos preocupação em não caracterizar este momento como um período de férias. É um momento de cuidado e conscientização, mas também uma oportunidade de desenvolver a criatividade. Tanto para os professores, por meio do teletrabalho e da formação continuada disponível no Portal da Educação, como para os alunos, que terão uma infinidade de conteúdos físicos e digitais para explorar seu conhecimento — destaca o secretário da educação do Estado, Faisal Karam.

Plataformas como WhatsApp, Facebook, Google, chamadas de vídeo e e-mail serão utilizadas para que professores sigam trabalhando com seus alunos à distância. A iniciativa também prevê envio de materiais físicos ou tarefas sem dependência do ambiente digital para estudantes que moram em zonas rurais e não tenham estrutura para acessar o conteúdo virtualmente.

Aulas de artes, matemática, física, química e robótica educacional já estão sendo ministradas nas chamadas “aulas programadas”. O objetivo da Secretaria Estadual de Educação é manter a carga horária de trabalho para que alunos e professores não tenham prejuízo enquanto estão em casa.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.