Sábado, 24 de Agosto de 2019
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo limpo
20°
7°C
Salto do Jacuí/RS
Tempo limpo
Ao Vivo:
Polícia

Duas mulheres morrem e duas crianças ficam feridas após carros furarem barreira policial em Cristal

17.07.2019 08h37  /  Postado por: Magali Drachler

Duas mulheres morreram e duas crianças ficaram feridas no final da noite dessa terça-feira depois que uma barreira da Polícia Federal (PF) foi furada em Cristal, no Centro Sul do Rio Grande do Sul. Um confronto teria ocorrido e uma das crianças, de três anos, foi atingida por um tiro na cabeça, em um dos braços e em uma das nádegas. A informação foi confirmada pela prefeita da cidade, Fábia Richter.

Segundo relatos preliminares, quatro carros teriam furado a barreira policial e os policiais revidaram. As mulheres conduziam um Honda Civic e um Chevrolet Celta. Elas morreram na hora, enquanto os outros dois carros escaparam.

A criança que teve ferimentos mais graves foi encaminhada para o Hospital de Cristal, transferida para o de Camaquã e, posteriormente, para o Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre. O estado de saúde dela não foi divulgado. A outra criança, de aproximadamente dois anos, teve escoriações. Ela passa bem.

Conforme a prefeita Fábia, os policiais federais tinham aumentado o efetivo na cidade no período da tarde. O setor de inteligência tinha relatado que criminosos iriam fugir pela cidade. Perto das 23h30min, os carros furaram a barreira. A suspeita do uso das crianças era para confundir a polícia e relatar ser morador local. No entanto, ainda não se sabe o motivo de terem furado a barreira. As mulheres estariam resgatando os homens envolvidos em um ataque a banco em Dom Feliciano, no início do mês.

No ataque a uma agência bancária, os criminosos usaram explosivos para acessar caixas eletrônicos. Em seguida, depois do arrombamento, eles fugiram em um carro que, mais tarde, foi abandonado. Desde então, a PF realizava um cerco para prender os assaltantes.

 

Fonte: Correio do Povo

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.