Sexta-feira, 17 de Setembro de 2021
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Chuvas esparsas
14°
14°C
Salto do Jacuí/RS
Chuvas esparsas
Chuvas esparsas
14°
15°C
Arroio do Tigre
Chuvas esparsas
No ar: Frequência 107
Ao Vivo: Frequência 107
Notícias

Comunidade Quilombola Linha Fão representada em catálogo de artesanato na Expointer

Comunidade Quilombola Linha Fão representada em catálogo de artesanato na Expointer
09.09.2021 14h22  /  Postado por: Redação

O catálogo virtual “Presença Quilombola no Artesanato Gaúcho” foi lançado no estande 209 do Pavilhão da Agricultura Familiar, durante a 44ª Expointer, que ocorre até dia 12 no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. A publicação, uma parceria entre a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR) e a Emater/RS-Ascar, é o acolhimento de uma demanda antiga de artesãos quilombolas do Rio Grande do Sul e tem o objetivo de dar visibilidade e possibilitar a comercialização de suas obras. A comunidade Linha Fão de Arroio do Tigre está representada no catálogo por Márcia Miranda e Marlise Borges.

“Ele (o catálogo) é muito importante porque divulga nosso trabalho. Nossa comunidade tá sendo muito representada. Tá sendo muito vista. Pra mim, isso é tudo”, disse Marlise.

Ela conta que faz todo tipo de artesanato. “Mas, de uns tempos pra cá, eu tô fazendo sousplat, queé aquelesuporte para os pratos e fica na mesa durante toda a refeição; porta-panelas; chapéu de parede, pra decoração. Tudo 100% feito em palha, feito em casa”.

Conforme Marlise, o artesanato para ela vem de berço. “Está na minha vida há mais de vinte anos. Via minha mãe fazer cestos em palha de milho e mais tarde fui aprendendo a fazer vários artesanatos em palha. Há cerca de quatro anos, aprendi com a Tia Funé, nossa quilombola com mais idade, a técnica de costurar a palha e, desde então, tenho feito somente as peças com este trabalho. Tenho muitas encomendas, o ganho é bom, essa é a minha renda e é muito importante. Eu planto o milho, colho e retiro a palha para fazer as peças. Minha ferramenta para ajudar a puxar as palhas, eu mesma fiz com madeira e arame”, falou com orgulho.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.