Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
30°
20°
23°C
Salto do Jacuí/RS
Dia nublado
No ar: Repórter Geração
Ao Vivo: Repórter Geração
Economia

Começam nesta segunda-feira em Genebra os debates da COP-8

Começam nesta segunda-feira em Genebra os debates da COP-8
01.10.2018 09h18  /  Postado por: Magali Drachler

O consumo de cigarros no mundo e outros temas associados à cadeia produtiva do tabaco entram em pauta em Genebra, na Suíça. Nesta segunda-feira pela manhã será aberta a 8ª Conferência das Partes (COP-8) da Convenção-Quadro para Controle do Tabaco (CQCT), iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) ratificada por 181 países, entre eles o Brasil. As discussões devem se estender até o próximo sábado, em torno de uma agenda que envolve diversos aspectos associados ao controle e a diminuição do consumo de cigarros.

Neste domingo, o movimento era constante no Centro de Convenções de Genebra, onde cerca de 1,5 mil delegados das nações signatárias do documento se ocuparão dos debates, em plenárias. A comitiva oficial do governo brasileiro igualmente terá assento. Funcionários da organização seguiam cuidando dos últimos detalhes, enquanto os participantes retiravam suas credenciais.

Além das representações oficiais de cada país na COP, no centro de convenções era nítida a presença de pessoas ligadas às organizações não governamentais (ONGs) antitabagistas, também já prevendo suas ações ao longo da semana. E de todo o Sul do Brasil, especialmente a partir da região de Santa Cruz do Sul, lideranças da cadeia do tabaco se deslocaram ao longo do final de semana a Genebra para acompanhar de perto os debates e o posicionamento da comitiva brasileira.

O primeiro dia da COP prevê a abertura oficial, às 8 horas da manhã, e na parte da tarde deve ocorrer a primeira grande plenária conjunta das nações a partir da qual se definirá um fio condutor para os debates. Nesta terça-feira começam as reuniões dos Grupos Técnicos, que analisarão e votarão possíveis direcionamentos a serem passados como orientação a todos os países que ratificaram a Convenção-Quadro.

A COP-8 mereceu amplo espaço na mídia impressa da Suíça no final de semana. A edição de sábado e domingo do jornal Tribuna de Genebra deu manchete de capa ao encontro, referindo que a cidade estaria no centro das atenções no mundo pelo debate em torno de restrições ao cigarro. A reportagem de página inteira lembrou que a Suíça sedia três grandes fabricantes de cigarros, a Philip Morris, a British American Tobacco (BAT) e a Japan Tobacco International (JTI), e que juntas criam muitos empregos e têm forte peso na economia.

Mas a matéria também lembra que, uma vez que o consumo de cigarros pode causar problemas à saúde, a discussão de soluções e alternativas, com a presença de 1,5 mil emissários de governos e instituições, deve atrair a atenção da mídia global.

Apesar de ser mencionada como uma das três cidades mais caras do mundo (Zurique, também na Suíça, integra essa lista), Genebra ainda é uma cidade de médio porte e com ar pacato. Com quase 200 mil habitantes, tem um ritmo de vida mais ameno, e com forte respeito à regra de trânsito e convívio harmônico em ambiente coletivo. O cuidado com a natureza, a limpeza das vias públicas e o paisagismo se ressaltam aos olhos do visitante. Além disso, o Lago Leman, que ocupa a área central da cidade, bem como o Rio Rodano e os onipresentes picos nevados dos Alpes Suíços no horizonte, agrega muito charme a esse local. E o Centro de Convenções pode ser acessado a pé, de metrô ou de ônibus comum ou elétrico com muita facilidade a partir dos principais hotéis do setor próximo ao lago.

 

Portal Gaz Foto: Romar Beling/Editora Gazeta

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.