Sábado, 28 de Março de 2020
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
31°
17°
26°C
Salto do Jacuí/RS
Tempo nublado
Tempo nublado
31°
17°
26°C
Arroio do Tigre
Tempo nublado
No ar: Encontro Sertanejo
Ao Vivo: Feirão da Geração
Notícias

Casebre no interior de Erval Grande foi utilizado como cativeiro de jovem sequestrada em Selbach

Casebre no interior de Erval Grande foi utilizado como cativeiro de jovem sequestrada em Selbach
23.03.2020 08h43  /  Postado por: Cladimara Bohrer

No início da tarde deste domingo, 22, a polícia civil divulgou informações oficiais acerca da operação que libertou a jovem Isadora Enrich do cativeiro. A jovem havia sido sequestrada no início da madrugada de sexta-feira, na residência dos pais no município de Selbach.

Segundo a delegada responsável pelo caso, por volta das 00h30min, cinco homens invadiram a residência da família, e passaram algum tempo no local a procura de armas e dinheiro. Os bandidos roubaram uma caminhonete da família e também foram levados cheques que foram encontrados pelos criminosos no local.

Junto com o veículo, os criminosos levaram a filha do empresário como refém.

A caminhonete roubada foi localizada no interior de Tapera ainda na manhã de sexta-feira.

Uma equipe do DEIC de Porto Alegre utilizou um helicóptero para se deslocar a cidade e trabalhar junto com a DP local nas investigações.

Na sexta-feira pela manhã o pai da jovem sequestrada recebeu os primeiros pedidos de resgate. A polícia conseguiu identificar três pessoas que estavam envolvidas no crime e efetuou buscas em Erval Grande, a cerca de 200 KM de Selbach.

Os mandados de prisão foram cumpridos naquela cidade, sendo que dois homens e uma mulher foram presos.

Depois das prisões foi possível identificar o cativeiro onde Isadora estava sendo mantida.

No cativeiro, a polícia acredita que havia outro envolvido no crime porém ele conseguiu escapar no momento da chegada da polícia ao local.

Isadora foi libertada sem ferimentos porém bastante abalada emocionalmente.

Ela foi levada a Selbach onde foi recebida com uma festa. Uma carreata foi organizada para comemorar sua libertação.

A Polícia Civil de Erechim, sob coordenação do delegado Gustavo Ceccon participou da operação na cidade de Erval Grande onde foram realizadas apreensões que serão analisadas no decorrer dos dias e que auxiliarão na investigação.

*Rádio Uiarapuru

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.