Sexta-feira, 17 de Janeiro de 2020
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Ensolarado com muitas nuvens
26°
13°
21°C
Salto do Jacuí/RS
Ensolarado com muitas nuvens
Ensolarado com muitas nuvens
25°
13°
21°C
Arroio do Tigre
Ensolarado com muitas nuvens
No ar: Bom Dia Geração
Ao Vivo: Bom Dia Geração
Notícias

Batalhão de Bombeiro Militar de Cruz Alta recebe Hilux

Batalhão de Bombeiro Militar de Cruz Alta recebe Hilux
Governador entregou equipamentos e veículos para instituições de 11 cidades gaúchas - Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini
13.01.2020 16h15  /  Postado por: Elion Silva

O Corpo de Bombeiros Militar recebeu um reforço em veículos e em equipamentos na manhã desta sexta-feira (10/1). Com um investimento de quase R$ 3 milhões, 11 veículos e quatro desencarceradores foram adquiridos e entregues à instituição, contemplando 11 cidades gaúchas. Entre elas a cidade de Cruz Alta, através do 12º Batalhão de Bombeiro Militar que recebeu uma Hilux.

Ao relembrar os bons índices de redução criminal – o RS encerrou 2019 com a menor taxa de homicídios da década em proporção à população –, o governador Eduardo Leite destacou que uma entidade que cumpre uma função fundamental, como o Corpo de Bombeiros, precisa de estrutura adequada. “É importante lembrar que segurança pública não envolve apenas o enfrentamento da criminalidade, mas também estrutura para garantir uma atuação eficaz e segura dos agentes envolvidos”, lembrou.

O investimento de cerca de R$ 3 milhões é oriundo de recursos estaduais, por meio da Consulta Popular (R$ 1.068.211,41), e de convênio com a Empresa Gaúcha de Rodagem (R$ 418,8 mil) e com a empresa Fraport (R$ 1.424.875,00). Com a verba, foram adquiridos um ônibus, dois micro-ônibus, seis camionetas, duas Spins e quatro desencarceradores (equipamento utilizado para retirar vítimas presas em ferragens).

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel César Eduardo Bonfanti, lembrou que a instituição se emancipou da Brigada Militar há dois anos. “Nosso crescimento é constante. Estamos dando melhor resposta na área de prevenção, reduzindo prazos para liberação de alvarás, e ampliando nossa estrutura”, comemorou.

No período, o Corpo de Bombeiros reduziu o prazo de liberação de alvarás, antes estimado em 300 dias, para 30 dias – a cidade de Porto Alegre, comentou Bonfanti, se tornou, inclusive, uma referência em agilidade.

As viaturas e os equipamentos serão utilizados nas diversas missões do Corpo de Bombeiros, distribuídos em 11 municípios.

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.