Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
23°
15°
22°C
Salto do Jacuí/RS
Nublado
No ar: Panorama 107
Ao Vivo: Panorama 107
Notícias

Foi um momento de raiva, diz homem que atropelou cachorro duas vezes

Foi um momento de raiva, diz homem que atropelou cachorro duas vezes
20.05.2016 11h13  /  Postado por: upside

Exatamente uma semana depois do atropelamento do poodle Bob, em Santa Cruz do Sul, o suspeito se apresentou à Polícia Civil e admitiu ter atingido o cachorro de forma proposital. Uma câmera de monitoramento de uma residência flagrou o motorista atropelando duas vezes o animal, que morreu.
De acordo com o delegado Marcelo Chiara Teixeira, que investiga o caso, acompanhado de um advogado, o suspeito alegou que Bob constantemente matava as galinhas que ele criava em seu terreno.
— Ele disse que naquele dia o cão havia matado uma das galinhas dele. E, quando ele saiu para trabalhar, viu o animal no meio da rua, e, num momento de raiva, o atropelou — conta Teixeira.
Interrogado sobre o motivo de ter atingido pela segunda vez o cachorro, o suspeito disse à polícia que não queria que ele ficasse agonizando e sofrendo, por isso quis se certificar da morte. Ainda segundo o delegado, o homem se disse arrependido do fato.
O caso foi remetido nesta quinta-feira à Justiça e o indiciado responderá em liberdade. Pelo artigo 32, da Lei de Crimes Ambientais, os maus-tratos a animais são considerados de “menor potencial ofensivo”. Por isso, o crime tem pena inferior a dois anos de reclusão. Portanto, se for condenado, o homem não será preso.
 
Vanessa Kannenberg – ZH

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.