Sábado, 17 de Novembro de 2018
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
26°
18°
23°C
Salto do Jacuí/RS
Nublado
No ar: Fim de Semana Mega Music
Ao Vivo: Fim de Semana Mega Music
Polícia

Ex-prefeito de Passa Sete vive momentos de pânico durante assalto

Ex-prefeito de Passa Sete vive momentos de pânico durante assalto
23.10.2018 14h25  /  Postado por: Magali Drachler

O ex-prefeito de Passa Sete, Vanderlei Batista, de 64 anos, foi assaltado e torturado na noite desta segunda-feira, 22. Cinco homens invadiram à sua casa, no centro de Passa Sete, por volta das 21 horas. De acordo com o registro feito na Delegacia de Polícia de Sobradinho, a vítima estava só no momento da ação. Os indivíduos acionaram a campainha, alegando que eram agentes da Polícia Civil e estavam no local para prendê-lo. Ao abrir a porta, foi rendido. Vanderlei comentou que os criminosos vestiam camisetas da Polícia Civil.

Sob a mira de revólveres eles entraram pedindo R$ 200 mil e armas, quando surgiram mais dois assaltantes. O valor seria da venda de gado, que realmente se concretizou, mas o prefeito ainda não recebeu o valor. Ao informar que não tinha dinheiro, os cinco invasores passaram a agredi-lo a coronhadas. Vanderlei foi amarrado e torturado sofrendo queimaduras por pontas de cigarro nos braços. Eles também vasculharam a casa, inclusive um cofre. A todo momento queimavam seu corpo com cigarro e também colocaram um saco plástico para dificultar sua respiração.

Um dos assaltantes jogou gasolina e ateou fogo nas pernas do ex-prefeito, porém, outro integrante da quadrilha apagou as chamas. Constantemente ele foi ameaçado de morte, dizendo ainda que aguardariam a chegada de sua mulher e filha, que também seriam mortas.

Um dos bandidos ameaçou usar uma motosserra para esquartejar vivo o ex-prefeito. Os ladrões não estavam encapuzados, e diziam que eram integrantes da facção Balas na Cara, da grande Porto Alegre. Nenhum deles foi reconhecido.

Após mais de uma hora de tortura física e psicológica os assaltantes colocaram o ex-prefeito em sua caminhonete e o levaram até as imediações da Prefeitura. No local abandonaram o veículo e fugiram em outro carro. Os criminosos levaram armas e eletrodomésticos. Vanderlei Batista disse que após alguns minutos conseguiu sair da caminhonete e buscou ajuda numa casa próxima.

A caminhonete do ex-prefeito foi recolhida para o Depósito do Detran e passará por perícia. Policiais Civis estiveram na residência de Vanderlei Batista para levantamento fotográfico. O local também será submetido a perícia do IGP. A Polícia Civil de Sobradinho investiga o caso.

 

Foto: Arquivo/Divulgação

 

 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.