Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
24°
18°
23°C
Salto do Jacuí/RS
Pancadas isoladas
No ar: Frequência 107
Ao Vivo: Frequência 107
Polícia

Condenados os responsáveis por roubo de fuzil usado em assalto em Val de Serra

Condenados os responsáveis por roubo de fuzil usado em assalto em Val de Serra
30.03.2016 15h00  /  Postado por: upside

Cinco ex-soldados do Exército e da Brigada Militar foram condenados, por unanimidade, no último dia 21, na Justiça Militar Federal pelo roubo de um fuzil usado em um assalto a banco em Val de Serra, interior de Júlio de Castilhos, em 2011.
Quatro deles foram condenados a mais de sete anos de reclusão (dois, a sete anos, e outros dois, a 10 anos) pelo crime de roubo qualificado. Já o quinto acusado foi condenado a dois anos e dois meses de reclusão pela prática delitiva de receptação dolosa.
O roubo aconteceu em 2 de março de 2011 na 13ª Companhia de Depósito de Armamento e Munições (13ª CiaDam), em Itaara. Conforme denúncia do Ministério Público Federal, quatro militares pegaram um fuzil, calibre 7,62 milímetros, com 20 cartuchos.
Segundo a denúncia, após o roubo, os denunciados dirigiram-se para a residência de um dos comparsas, em Santa Maria, onde o fuzil permaneceu por uma semana e meia. Em seguida, um dos militares transportou a arma desmontada e dentro de uma mala até Porto Alegre.
Assalto na Região Central
Na Capital, o militar teria entregue o armamento para o quinto denunciado, que o transportou para Rosário do Sul, onde ocultou o objeto em sua residência.
Após o roubo, um dos policiais transportou novamente o fuzil até Santa Maria, onde, em 25 de março de 2011, reuniu-se com alguns dos denunciados para assaltarem uma agência bancária em Júlio de Castilhos, usando o armamento roubado.
O quarteto que assaltou a agência foi preso em flagrante após perseguição e troca de tiros. Ainda cabe recurso ao Superior Tribunal Militar, em Brasília.
 
Com informações da Rádio Gaúcha

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.