Domingo, 21 de Outubro de 2018
Telefone: (55) 3327 1071
Whatsapp: (55) 99732 1071
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
27°
14°
12°C
Salto do Jacuí/RS
Noite limpa
Ao Vivo:
Desenvolvimento

Chamados os primeiros trabalhadores das obras das PCH’s da Havan em Júlio de Castilhos

Chamados os primeiros trabalhadores das obras das PCH’s da Havan em Júlio de Castilhos
05.06.2018 11h56  /  Postado por: Elion Silva

Foram chamados no começo de junho, os primeiros setenta contratados para trabalhar nas construções das duas Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH’s) em Júlio de Castilhos. Iniciaram em maio as aberturas da mata e estradas de acesso a “Quebra Dentes”, no Rio Toropi, na divisa com Quevedos. Em meados de agosto deve começar a construção da “Passo do Guassupi”, em Rincão dos Albinos, no limite com São Martinho da Serra. O investimento total chega próximo dos R$ 120 milhões.

As obras que tem como principal investidor, o Grupo Havan, de Santa Catarina, foram anunciadas em janeiro de 2018, mas as tratativas ocorrem há cerca de 11 anos, como destacou o prefeito de Júlio de Castilhos, João Vestena (PSB).

“Este projeto é desde 2007, também no meu governo. Quando retornamos no ano passado, em março e abril, estiveram no visitando para ver as possibilidades. Fizemos audiências públicas e logo a FEPAM (Fundação Estadual de Proteção Ambiental – RS) liberou licenciamento ambiental. É um projeto que já vinha amadurecido há muito tempo” – explicou.

Segundo a coordenadora de Recursos Humanos da FBF Construtora, Elisete Nunes, 15 profissionais são fixos da empresa, o que inclui engenheiros, técnico de segurança do trabalho e setor administrativo. Os outros 195 trabalhadores serão contratados, em Quevedos e aqui na região, para os cargos de pedreiro, soldador, armador e carpinteiro, em que é exigida experiência, e também para servente de obras e ajudante, em que não precisa ter experiência prévia.

Segundo ela, os interessados já podem enviar currículos para o e-mail karineb@fbfconstrutora.com.br ou procurar a representante da empresa em Quevedos.

– Nem todos serão contratados agora. Em junho, 70 trabalhadores foram chamados e, no auge da obra, chegaremos a 215 funcionários – diz Elisete.

A PCH “Quebra Dentes” será totalmente nova. As obras devem ficar prontas em até dois anos.
O grupo catarinense aguarda a licença de mais duas PCHs do Complexo Toropi. Ao todo, o investimento será de R$ 400 milhões nessas quatro usinas.

PCH Quebra Dentes
->Onde – Rio Toropi, entre Quevedos e Júlio de Castilhos
->Investimento – R$ 63,4 milhões
->Barragem – 19m75cm de altura
->Área alagada – 54,6 hectares
->Túnel até casa de força – 2,7 km
->Capacidade – 22,4 megawatts (MW)

PCH Passo do Guassupi
->Onde – Rio Guassupi, no Rincão dos Albinos, entre São Martinho da Serra e Júlio de Castilhos
->Investimento – R$ 55 milhões
->Barragem – 22m de altura
->Área alagada – 79 hectares
->Túnel até casa de força – 2,1 km
->Capacidade – 12,2 MW

Foto: Reprodução

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.